terça-feira, 30 de novembro de 2010

Ano novo.

Semelhante aos fogos de artifício no dia de ano novo. O efeito que eles causam ao serem vistos no céu daquela meia noite do último dia 31 que ao ver as suas cores, a sua beleza e ouvir seus estouros faz todos se emocionarem, arregalar os olhos, ficar boquiabertos, gritos, palmas, abraços, carinhos, choros... um conjunto que pode ser resumido em um pacote: FELICIDADE. Significa um recomeço, uma nova etapa, parece uma folha lisa daquela caderno novo que você comprou, um momento em que te faz pensar "Agora farei diferente", um momento que o fará começar tudo novo de cabeça erguida, com um escudo e espada na mão, te causará nostalgia de boas lembranças passadas que não vão voltar, mas com certeza não irão sumir. E conforme as coisas fluírem, e se forem de maneira correta haverá prazer, satisfação, glória, orgulho, concretização de uma etapa... e o ciclo voltará.
Semelhante aos fogos de artifício no dia de ano novo naquela meia noite do último dia 31 é aquilo que o amor pode causar. Uns vão, porém outros virão, mas sempre será como fogos de artifício.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Projetos.

O aroma da mais bela do flor, o gosto do melhor vinho francês, a sensibilidade de uma criança, a transparência da água, a maturidade de um sábio... Uma diversificada mistura que atrai mais a gula, atrai mais a vontade, atrai mais o contentamento, mas nunca a satisfação.
O que resta da ausência é o desespero, um coração abandonado, despedaçado, humilhado no seu momento terminal batendo a 200 km por hora. Difícil parar, difícil conter, difícil entender como isso tudo aconteceu comigo, com você. O que parecia uma brincadeira de faz-de-conta se tornou a minha melhor ilusão, a minha melhor realização. E desde então a minha maior projeção...

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Entender o amor é crime

Por mais que se queira e se pense ser possível conhecer verdadeiramente o amor, na verdade isso não acontece. O amor surge entre duas pessoas, e para compreender o sentimento que essas duas pessoas podem nutrir era preciso conhecer em particular cada pessoa e todo o seu comportamento. O amor é aquele bicho de sete cabeças que nos aprisiona e nos mantêm reféns até não termos nem uma gota de amor no corpo.

O amor é sobre sacrifícios, é sobre aceitar as ideias da outra pessoa, compreende-las e lutar por essas mesmas ideias ou então apresentar as nossas. É sobre amar e mostrar que se ama. É apoiar e mostrar-se que existe alguém presente. No fundo amor é a menor distância mas também a mais ténue entre duas pessoas.

Quando acharem que descobriram ou entenderam o amor, desistam porque o vosso amor não tem mais brilho. O amor não se compreende, é como uma surpresa diária em que tudo pode acontecer sem estar-mos preparados que aconteça. O amor é também sofrimento, pois nem sempre é possível fazer com que outro coração transmita o mesmo sentimento que o nosso. O amor por vezes é parvo pelo facto de duas pessoas se amarem e não viverem o que cada um tem para dar ao outro. Mas é o amor.

Entender o amor é crime, é como deixar de amar, porque o que se sente não se compreende, apenas se deixa mostrar. Por isso amem e sintam o mais forte que possam sentir, o sofrimento pode ser forte, mas é pior não ter sentido, na hora de partir.


Sentimento calmo.

domingo, 10 de outubro de 2010

Límpido como céu.


Cada palavra citada é seu nome que está por trás. É como se fosse um capuz pra esconder. É meu amor, é culpa sua, não quero que percebam meu fanatismo por ti. Essa alegria que só é causada por um enorme sentimento que me faz cair de joelhos, não me deixa levantar, me faz implorar e pedir mais e mais. Preciso fazer súplicas para meu coração parar de bater tão rápido pelo fato de sentir aquele perfume da Tommy, que me faz lembrar do seu pescoço, que leva involuntariamente pro seus lábios.... (PARA PENSAMENTO). Seu abraço quando me envolve parece uma das mais fortes fortalezas, me asseguram de tudo, me faz bem. Perto de ti não há paz, pois me entrelaço em uma enorme euforia, num mar agitado de profundas emoções, porém emoções tão límpidas quanto um céu azul. Ah meu amor... Desculpa minha sinceridade, mas é um amor tão puro que ainda não sei o que mais ele pode fazer de mim, mas só o que ele pode te tornar pra mim.

De minha própria autoria.

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Ontem, hoje, amanhã

Se tudo na vida fosse só alegria, as pessoas não dariam valor a felicidade. As vezes é preciso chorar para sabermos o quanto é bom sorrir, é preciso sentir saudades para saber o quanto gostamos de alguém; quando tudo nada parece ter valor. A vida é um antes, um durante e um depois. Por isso, viva o hoje, esqueça o ontem e deixe Deus decidir o amanhã.

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

É isso de que precisamos

Não é a dor que eu quero entender (essa dói e pronto), mas esse mistério de duas almas que não se tocam no físico e têm quase uma unidade na imortalidade. Mas é isso que quero! Você me ama? Você quer construir uma vida comigo? Tem desejo e sabor? Eu sinto que você me quer, precisa de mim, mas será que eu estarei ao nível de suas expectativas? Eu queria uma certeza, quantas vezes vislumbrei o que seria o derradeiro e nem início era. Quantas vezes esperei contar e só senti se afastarem e eu ficar no chão... Eu quero a certeza do absoluto. A afirmação positiva. Não quero sonhos loucos, nem a vontade dos sem-alma. Eu quero a certeza da vida. A afirmação do amor. Não apenas um amor carnal e dirigido, mas do sentimento verdadeiro que se entranha na alma e que não existam mágoas, que não dissolva. Quero ter a certeza premonitória que posso mergulhar, que não encontrarei uma pedra. Quero a certeza da luz que não machuca nos espinhos, Penetra nas sombras, não se inibe no mar. Ou a certeza ou nada! Duas almas que constroem uma estrada juntos, não sabem como esse trajeto será, mas apenas têm uma certeza quase sobre-humana, que têm que construir juntos. São vidas independentes, mas harmônicas. São autônomas, mas responsáveis. Consistentes no que sentem. Não é um "eu acho", "pode ser", "quem sabe", "vamos tentar", "se der certo"... É a certeza que só o verdadeiro amor tem. Que não tem fronteiras, nem modos, um amor que não espreita, não sucumbe, nem apenas existe para satisfazer nossos pequenos egoísmos.

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Não tem que ser severo !

O mais difícil de entender quando os amores acabam, são os porquês. Porque duas pessoas que se encontraram e se encantaram, viveram um amor que parecia indestrutível, se separam? Por quê o amor geralmente acaba de um lado só e é o outro que fica chorando e querendo entender as razões? Costumo comparar casais a chave e fechadura. Nem toda chave abre todas as portas e é necessário encontrar aquela exata que vai se encaixar perfeitamente e tudo será possível. Amores deveriam ser eternos, mas nem sempre são... Mas a gente acredita que cada vez que alguém toca nosso coração e entra, que é definitivo. Um casal que se apaixona de início, sem que um tenha tido o tempo de desnudar o outro nas suas verdades, acredita nessa chama e até briga por ela muitas vezes. E cria-se sonhos, planeja-se o futuro… Enquanto isso os dias vão passando, toma-se menos cuidado em manter a magia e a parte dos dois que é mais sonhadora começa a sentir-se incomodada. Dá medo. Medo de ter que olhar bem nos olhos da realidade e dizer: acabou! Medo de ter que se confessar a si próprio que ainda não foi aquela vez! Medo da solidão, de ter que recomeçar… Não são as decepções que matam o amor. Se assim fosse, não existiriam perdões e reconciliações. O que mata o amor é simplesmente a tomada de consciência de que o outro não é o ser sonhado. É como acordar depois de um longo sono e lindos sonhos. O outro está ali, é a mesma pessoa, mas aquela neblina que dava a impressão de irrealidade já não mais existe. E isso não acontece da noite para o dia, como se costuma pensar. É algo que vem com os dias, os hábitos, as monotonias. Um percebe, o outro não. Um começa a se sentir angustiado e o outro continua acreditando ou finge que acredita. E quando a gota que faz transbordar o vaso chega é o mundo todo que desmorona. Porém, tudo não fica definitivamente perdido. Sobra de um lado a dor, e os porquês, um resto de amor que teima em ficar no fundo como o vinho envelhecido na garrafa e do outro o coração dividido por não poder reparar erros cometidos e a vontade de continuar em busca de outros horizontes. Sobra para os dois a ternura e a lembrança dos momentos passados juntos. Por que corta-se relacionamentos, mas não se apaga momentos, mesmo que a gente queira. Vivido é vivido, feliz ou infelizmente. Inútil é querer resgatar um amor que resolveu partir pra outras direções. Quanto mais apega-se, mais ele se afasta. E quanto mais se afasta, mais dói no outro a incompreensão. É uma roda da qual é difícil de sair. E é uma pena, pois os corações não merecem isso. Quando a questão é amor, não existe justo ou injusto. Existe o que ama, e o que não ama mais. Precisamos aceitar que o outro não tenha os mesmos sentimentos, mesmo se isso nos faz mal, por que se o amor não for livre para se instalar onde realmente deseja, ele perde toda a razão de ser.

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Per amore

Ele continua sendo o maior, o melhor, o grandioso ... Enquanto tenta se concentrar em algo ele não deixa, ele te arranca para algum lugar tão distante e tão perto da paz, da calmaria. E nem se é feita força contra esta outra que te leva para outro lugar. Você fica preocupado, rói unhas, os olhos e os pensamentos tentam procurar algo em que a vista não alcança; Porém, quando alcançado.... aaah , tudo parece ser renovado.
O amor é algo que não pode ser explicado nem pelas melhores teorias, nem pelas melhores razões. Ele simplesmente vem como um devaneio, te destrói, te deixa confuso, te deixa no chão... segundos depois dos primeiros sintomas a felicidade parece reinar.
Se o amor é felicidade ? Não creio, porém que lhe trará este para perto sim...
Ele sim é grandioso !

De minha própria autoria.

sábado, 4 de setembro de 2010

Eu, leitora, Eu, escritora

"Alma gêmea existe mesmo?" Bem não sei... Creio que há encaixes, encaixes para defeitos, de maneira que faça-os amadurecer e ser minimizados. Qualidades que faça nos interessar por certas atitudes. Sentimentos que nos fazem querermos ser melhores para alguém e isso depois é aplicado a todos.
No amor tudo tende-se parecer felicidade, alegria, harmonia quando não há um sequer problema. "Mas calma ! Então existe relacionamento perfeito, ou seja, sem problemas?" Não também não. Já se dizia, não tem como ser feliz cem por cento. Sempre haverá algo ou alguém que tentará a destruição, a felicidade alheia parece sempre incomodar. Enquanto o relacionamento alheio não estiver bom, o de ninguém deve estar também. ( Sim falta de maturidade/inveja...). Aliás, não se pode cobrar maturidade de todos, até porque ninguém é perfeito. Certos assuntos podem ser de uma complexidade avança para uma pessoa, não deve ser exigido com tanta dureza; maturidade vem com o tempo... ( porém se incomodar com a felicidade alheia ... rs, o nome disso é inveja mesmo[o que leva a inveja hein?!] ). Mas não se deve ligar quanto a isso. Seja feliz, a infelicidade dos outros NUNCA deve te afetar.
Todo o relacionamento tem que ser baseado na confiança, tudo bem que hoje em dia três quartos dos homens traem, e no século em que vivemos o amor coletivo parece ser agradável para certos homens. Mas não adianta você duvidar duvidar, às vezes, nada está acontecendo e somente você é que pensa isso e daí em diante o término pode se causar por algo que não ocorreu.
Quando estiver em relacionamento bom, ESTEJA NELE, se dedique, ame mesmo, dê carinho, ria... " E a inveja alheia ?" Esqueça-a ! Agarre-o mesmo, beije-o na frente de todo mundo, mostre o que de bom você tem em seus braços e se quiser declare "ESTOU FELIZ !!" . Seja fiel, leal, sincera em todos os momentos, brinque, chore, SE DIVIRTA. E se algum dia algo mais sério ocorrer você poderá falar : fiz minha parte !
Aquilo que te pertence jamais perderás ! A melhor coisa é AMAR E SER AMADO.



De Minha Própria Autoria.

terça-feira, 31 de agosto de 2010

She knew this was not what love's about !!

Pessoas ....

Eu acredito nas pessoas, especialmente naquelas em que habita algo mais que a humanidade. Aquelas que, às vezes, a gente confunde com anjos e outras entidades divinas… Falo daquelas pessoas que existem em nossas vidas e enchem nosso espaço com pequenas alegrias e grandes atitudes, daquelas que te olham nos olhos quando precisam ser verdadeiras, que tecem elogios, agradecem e pedem desculpas com a mesma simplicidade de uma criança. Pessoas que não precisam fazer jogos para conseguir o que buscam, porque seus desejos são realizados por suas ações e reações, não por seus caprichos. Pessoas que fazem o bem e se protegem do mal, apenas com um sorriso, uma palavra, um beijo, um abraço, uma oração. Pessoas que atravessam as ruas, sem medo da luz que existe nelas, caminham firmes e levantam a cabeça em momentos de puro desespero. Pessoas que erram mais do que acertam, aprendem mais do que ensinam e vivem mais do que sonham. Pessoas que cuidam do seu corpo, porque este os acompanhará até o fim. Não ficam julgando gordos ou magros, negros ou brancos…
Pessoas, simplesmente pessoas, que nem sempre têm certeza de tudo, mas acreditam sempre. Transparentes, amigas, espontâneas, até mesmo ingênuas.
Prefiro acreditar em relacionamentos baseados em confiança, serenidade, humildade e sinceridade. Prefiro acreditar naqueles encontros, que nos transmitem paz e um pouco de gratidão. Prefiro acreditar em homens e mulheres, que reverenciam a vida com a mesma intensidade de um grande amor, que passam pela Terra e deixam suas marcas, suas lembranças, que deixam saudades e não apenas rastros. Homens e mulheres que habitam o perfeito universo e a perfeita ordem nele existente. Homens e mulheres de alma limpa e puros de coração.

Autor Desconhecido

Acredita em anjo?

Aquele segundo que durou, que sugou palavras e transtornou todos os pensamentos. Desativou neurônios e confundiu todas as ex-conclusões. Ninguém nunca sentiu aquilo antes... foi substituído o o ódio por desespero, rancor pelo arrependimento, a raiva por compaixão, e somente um pensamento podia ser concluído naquele instante " Como pude? Como pude magoar um anjo? Ferir seu coração tão integro e puro?". Aquele sentimento não teve explicação... e não tem. Só se sabe que ele apareceu... é ele, o amor e permaneceu em grande escala.
Anjos serão anjos até em momentos de raiva, rancor e ódio. Anjos sabem amar como ninguém, anjos irão proteger e perdoar, porém anjos podem sofrer e chorar ... Mas este anjo não irá, não pelas mãos dela.
De minha própria autoria.

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Não era amor, Era Melhor.

"Duas horas, simples duas horas que duraram eternamente para ela. O medo que se diz passageiro ainda a amedronta. Certas vezes mal-criação de criança tem que ser tratado com punição e assim se prosseguiu. E isso é culpa dela, pobre menina, causou transtorno sem muita motivação. Pobre ela, não sabia bem o que era perder e quase conheceu. Doeu tanto para ela, machucada, chorou por duas horas, sem mais lágrimas só extravasa a voz.
Passado duas horas, ele aparece, isso a fez lembrar de sua infância, quando pela primeira vez aquele menininho apareceu, se envergonhou, se escondeu e seu rosto empalideceu. O mesmo momento ocorreu naquele momento, porém não era a primeira vez, fazia mais de dois anos que aquela cena repetia e o mesmo sentimento ocorreu. Envergonhada com a atitude errônea feita ficou silenciada, porém as palavras saiam sem que falasse. Ele e ela conversaram, ele e ela se ajeitaram, ele e ela estão se amando. Não era amor... Era Melhor! "
Certos momentos na vida sentimentos involuntários querem sair, não o deixe, por maior que a força seja. Tenha força no momento de segurar aquilo que te pertence, aquilo que os maus olhos querem. Não perca aquilo que te valoriza, aquilo que você valoriza. Não faça que seja necessário sentir o medo de perder para valorizar mais. Valorize o amor. O amor ainda é o bem maior para nós.

De minha própria autoria.

sábado, 28 de agosto de 2010

Seja feliz !

Cante, dance, pule, grite, brigue, faça as pazes, chore, sorria, estude, fique de recuperação, sofra por amor, ame, beije, abrace, faça amizades, tenha ilusões, sonhe, ande, emagreça, engorde, fale palavrão, ganhe, perca, corra, pare, enfim, VIVA ! E que nada nos defina. Que nada nos sujeite. Que a liberdade seja a nossa própria substância.

sábado, 14 de agosto de 2010

E com o vento ...


Tempos vem, tempos vão, páginas mudam, capítulos acabam, mas não o livro. Quanto menos esperamos muitas coisas ocorrem, surpresas ... Pode-se dizer que sim, andei triste, mas não deprimida, pensei até em tudo esquecer, mas jamais apagar da memória. Quis voltar no tempo e tentar resolver, mas quando um não quer, dois não brigam; é a lei da vida, livre árbitro, devemos deixar tudo acontecer como elas querem !
Repensei repensei... Creio que tudo melhorou, e aprendi que tudo um dia melhora. O vento pode trazer coisas horripilantes, decepcionantes, devastadoras, mas com o vento tudo pode voltar como deveria estar, com ele trouxe aprendizadem e ele pode melhorar tudo, trazer esperança, reviver, alegria!
Foi só o vento que virou essa página do meu livro acabando com mais um capítulo, confesso que com a sua força fiquei assustada, mas com uma leva brisa trouxe tudo que revigora uma vida.

Pamela Wessler

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Páginas da vida .


As coisas passam e o melhor que fazemos é deixar que elas realmente possam ir embora. antes de começar um capítulo novo, é preciso terminar o antigo: diga a si mesmo que o que passou, jamais voltará. lembre-se de que houve uma época em que podia viver sem aquilo, sem aquela pessoa - nada é insubstituível, um hábito não é uma necessidade. Pode parecer óbvio, pode mesmo ser difícil, mas é muito importante. Encerrando ciclos. Não por causa do orgulho, por incapacidade, ou por soberba, mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida.

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Don’t fill up your heart with nothing more love that truth is true to you is truth enough. Don’t fill up your head with trivial things cause life’s too beautiful for you to leave. But if your rolling with the flow well then it makes it easier ... Makes it easier to bend !



video

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Evolua!

Pense diferente, pense pra frente, evolua..chega de ficar se lamuriando, de viver do passado, vivendo a vida dos outros. Se você der vazão, vai rolar muita coisa não só pra você, mas através de você. Nossa verdadeira função é viver, e não apenas existir. Vamos aproveitar ao máximo cada dia, fazer o melhor em qualquer atividade que nos envolva, fazer um estilo de vida tranqüilo, sem se estressar com o que não tem que se estressar.
Podemos tudo, é só querer, é só lutar!


Autor desconhecido

Permita-se. Arrisque-se. Entregue-se

‘Estamos nesse mundo por um motivo maior. A sua, a minha, a nossa existência tem um sentido amplíssimo. Existir não é somente respirar, aproveitar, ser feliz, sofrer, chorar, gritar, entre outros. Existir, existir de fato é fazer valer a pena. É correr atrás dos prejuízos, aproveitar as oportunidades, ou fazer da pior situação a sua cartada final para a vitória. Existir ultrapassa qualquer ilusão, sonho, utopia. Existir deveria suprir qualquer obstáculo, deveria ser motivo de bênção e felicidade. Deveria ser sagrado viver. E entre os deveres de existir, o primordial se resume em iluminar-se. Iluminação individual, interna; não só a própria iluminação como a do outro também. Iluminação simboliza salvação, é presente. Doutrinar a si próprio do excesso de emoção ou razão, da vida, dos destemperos, dos avessos, das dificuldades. Iluminar a alma, o espírito, o corpo, a mente, o emocional. Paz, paz de espírito, plenitude, bem-estar constante. E após se salvar, auxilie o outro também, mas que não seja qualquer um. Salve/Recupere alguém importante, alguém que mereça ser presenteado. E que seja para proporcionar ao outro momentos de êxtase e alegria ou até mesmo momentos ruins, mas em prol da evolução. Que seja para iluminar os sentimentos, as decisões, as contradições do outro e toda a sua caminhada rumo ao universo. Traga luz, seja luz, dissipe os raios dos bons sentimentos. Faça germinar a semente da luz. Brilhe, respire as estrelas e mergulhe no imenso oceano da luz. Perca-se e não queira se encontrar. Perca-se de si mesmo. Aqueça, acalme uma alma. Sorria e faça sorrir. Ame e faça alguém amar. Seja a luz para alguém. Celebre um pacto de felicidade consigo mesmo. Cumpra. Permita-se. Arrisque-se. Entregue-se. Mas, lembre-se que o fundamental pode nem sempre ser a salvação/iluminação, mas a intenção, a coragem depositada em tal atitude e a esperança em tornar-se cada dia melhor.

Autor desconhecido

VIVA E VIVA


Nunca diga que algo é impossível, as coisas são no máximo improváveis mas nunca são impossíveis. Nunca desista antes de tentar e se você for se arrepender de algo, não se arrependa do que você fez e sim do que você deixou de fazer. Porque tentar e errar, é ao menos aprender, enquanto nem mesmo tentar, é desperdício. Não desperdice nenhuma chance da sua vida. Tenha discernimento para saber o que é certo e o que é errado, tenha sua própria cabeça, não se deixe influenciar, mas saiba ouvir sempre a opinião dos outros e saiba admitir seus erros. Corra atrás de seus sonhos, porque sem eles não chegamos a lugar nenhum, não se conforme. Vá atrás do que você quer, lute!! Ame de corpo e alma, mesmo que depois esse amor acabe. Aproveite cada momento, cada segundo do seu viver, pois é como dizem, no fim, o que conta, não são os anos de sua vida e sim, a vida em seus anos. Saiba sobreviver às tristezas saiba se erguer após cada queda e saiba amar sem medo, pois o medo não nos traz nada, apenas leva…

Autor desconhecido

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Você ...


Toda sua beleza me distrai
Toda sua beleza me tira dos mais profundos pensamentos negativos

Toda sua beleza me desperta uma alegria de criança

Toda sua beleza é intensa
Meu bem...
Transmite pra mim todo encanto
Todo amor que você tem a oferecer

Oferece pra mim um pouco só da tua alegria e beleza de viver

De mim só resta você


Roberto Pereira Jr.

terça-feira, 27 de julho de 2010

Contra-mão

Está na contra-mão amor. Cuidado. Tomou o caminho errado, pegou a barca errada. Seu rumo foi mudado, minhas dúvidas se aumentaram, meu coração está apertado. Cuidado. Tem algo errado. Tem algo errado ? Não tenho respostas pras minhas perguntas e nem sei aonde vou encontrá-las. Foi sua contradição que deixou meu coração perdido, meu rumo sem destino. Estou igual à cego em tiroteio, não sei aonde, o por que, quando... Tem algo errado. Tem algo errado ?? Não sei meu amor, mas sei que está na contra-mão e eu estou na aflição. Me tira daqui, desse mundo onde as suas próprias palavras estão se matando. Eu tenho pressa ! Mas antes me responda o certo, e por favor, me diga... me diga que é essa a sua resposta correta ! E por favor, que isso não se repita, não quero viver essa mesma emoção.

De minha própria autoria.

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Amar-se, depois amar-te


É impossível você enganar seu coração, mas com certeza ele é capaz de te enganar. Fazer você esquecer seu amor próprio, sua auto-estima. Às vezes ele faz com que você se venda por tão barato para algo tão fútil e com isso te faz até pensar que essa sua venda foi bem sucedida ... coitado, tão insano.
De cada cem mil pessoas somente noventa e nove mil sabem se valorizar a cima de pais, namorados(as), irmãos, amantes, parentes, de TODOS e se lembram que no final de tudo, é só você e você, e seu coração estará dilacerado. Ele te enganou, jogou baixo com você, brincou e você acreditou. Se iludiu, se perdeu. Não valeu nada a pena. Mas não chore, para amar o certo precisa amar o errado, para não errer mais precisa errar e para ser feliz precisa também errar.
SE AME ! A cima de tudo e de todos. Somente você é capaz de se auto avaliar, de se amar melhor que ninguém, de se valorizar. Queres um amor eterno? Se ame, pois este amor, só morrerá junto de sua vida. Um amor inconsciente, bom e nada psicotico. Amor duradouro, forte, indestrutível, verdadeiro. Esse sim é o amor idealizado. Não crie expectativas em cima de alheios, e sim em cima de você. Tu sabes até exatamente em que ponto és capaz de chegar.
Quer o amor alheio também ? Surpreenda-o, não mostre dependência e sim auto suficiência, o quanto é feliz sendo assim, do jeito que é, e que para te amar e te conquistar, terá que amar assim, do jeito que és. E que, no minímo, esse amor seja calmo, bom, que venha de mansinho sem fazer desvaneio, que tenha um pouquinho de pimenta e pouquinho de mel, não precisa ser forte e nem o idealizado, desde que seja verdadeiro... está valido.
Mas começe assim ... primeiro amar-se, depois amar-te.

De minha própria autoria.

Eta ignorância!

Há uma linha paralela entre Falta de Respeito e Ciúmes. Certas atitudes erronêas feitas te levam, por vezes, a má interpretação com razão, porém os indíviduos sofredores dessas atitudes ainda acham que você é o doido da história, o ciumento possessivo e psicopata. Só que estes não percebem que existe uma sutil diferença entre ciúmes e falta de respeito. Ciúmes, de acordo com fontes, é "a reação complexa a uma ameaça perceptível a uma relação valiosa ou à sua qualidade" . Respeito juntamente denota um sentimento positivo a ações específicas e condutas representativas daquela estima. Falta de respeito, exemplificando, seria uma atitude não tomada em certas situações não correctas.
Mas quer saber ? Já me deu muita dor de cabeça por isso, hoje, não ligo mais, tenho o meu "tilenol" pra essas situações já, o meu escudo. Meu recado foi dado, bem recebido e compreendido. E o que me resta mesmo é ser feliz daqui em diante, só me importando pro que realmente irá me comprometer e o que parecer ameaçador. E para essa preocupação só mando um "adeus e não foi um prazer te conhecer" !
O que não me mata, me fortalece ; O que lhe pertence jamais perderás.

De minha própria autoria.

sábado, 24 de julho de 2010

Ao dia dos amigos.

Certas coisas devido a sua raridade são igualadas as jóias raras e muitas vezes chamadas de preciosas. Mas esse nome não é me agrada, prefiro utilizar a palavra amigo. Realmente ... Amigo não é fisicamente e nem de forma material a uma jóia. Amigos não tem o preço de uma jóia (aliás, amigos de verdade valem muito mais).
Pela felicidade que estes me proporcionam não sei o qual o valor que eles podem ter, creio que não possa ser nem mensurável, mas se ainda posso retribuir, retribuirei na mesma moeda... Meu sangue, minha vida, minha felicidade.
Essas pessoas criaram elos de maneira a se entrelaçarem com meu destino, e a partir desses elos a nossa história muda de maneira positiva e os tornando personagem de uma história eterna. O rompimento doloroso só consegue provocar o afastamento da matéria; do espírito jamais. Hoje posso provar que elas, literalmente, são o meu alicerce de vida.

De minha própria autoria.

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Voltou pra mim, E com tudo.



A vida te dá uma rasteira. Você cai, tropeça, o sonho borra a maquiagem, o coração se espalha. Você sente dor, perde o rumo, perde o senso e promete: paixão, nunca mais. Você sente que nunca irá amar alguém de novo, que amor é conversa de botequim, ilusão de sentido, que só funciona direito para fazer música, poesia e roteiro de cinema. Aí do nada ele surge. Ele. Ele que é diferente de tudo. Ele que é tudo. Mas tudo não existe. Ele sim. Ele existe. E gosta de praia e de palavras simples. Ele que é lindo. Vocês estão ouvindo? LINDO! Lindo por fora, mas INIFINITAMENTE lindo por dentro. Que tem sonhos molhados, planos no varal e o coração atirado na mala. Ele que não se parece com nada. Ele que combina comigo. E não tem medo. Será que estou sonhando?
ELE NÃO TEM MEDO! Ele não gosta do morno, de mais ou menos, de música feia, nem sentimento pequeno. Ele que me abriu o verbo, me fez chorar, escancarou o coração, confessou o que não se diz e me sentiu. Lá de longe, no fim do mundo, ele me sentiu. Me enxergou por dentro, disse que eu sorria lindo e me deixou tímida. Entenderam? Ele me deixou tímida! E me mandou versos lindos, devolveu minha esperança, me fez querer acreditar de novo. Ele que não para nunca de se buscar e me encontrar..
Planos nem sempre dão certo e a gente tem que ousar e desafiar a razão: eu vivo para sentir. E eu sinto que quero estar com ele. Agora. Sem medo. Sem planos a longo prazo. Vou viver e ser. Vou viver, ser e amar. Com ele. Até o fim! (ou até onde for permitido)

Autor Desconhecido com adaptações de Geórgia Farias.

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Vamos ao teatro ?

A vida diante de olhos é uma peça de teatro, no qual só muda os personagens e a enredo. Diante de olhos ela é engraçada, diante de olhos ela é complicada, diante de olhos ela é assustadora, diante de olhos ela é ruim, diante de olhos ela é amarga. Na minha concepção ela é meramente mal interpretada.
Em uma peça de teatro os fatos desenrolados são causas dos próprios personagens, e a platéia saberia qual seria a melhor opção para eles, para que não ocorresse cenas dispensáveis. Assim que a vida é. Diante de nossos próprios olhos escolhemos aquilo que não devemos e temos uma platéia a isso assistindo. E por que esta platéia não lhe avisa esse mal caminho tomado? Uma mal escolha de amigos. Se bem que não podemos ser tão rígidos conosco mesmo, aliás não podemos esperar que a vida seja só de acertos , ou você ainda crê nesse mito?!
Fatalmente ela é amarga, engraçada, complicada, assustadora, ruim, boa ou qualquer outro adjetivo cabível dependendo da sua escolha.
Mas agora me diga, que peça de teatro queres ver?

De minha própria autoria.

Pílula calmante.


Nada mais eficaz que o pensamento positivo amplificado pra retirar toda a má vibração, tudo o que não deve mais ferir, tudo aquilo que não faz mais bem ! E consegui retirar e faze-los sumir. Como consegui ? Bem simples a receita ... Num dia calmo, feliz, me reuni com pessoas de meu agrado e no melhor local ... na praia com água limpida, cristalina, um céu sem menor previsão de chuva e com um sol reluzente. Um banho de mar para limpar a alma e o coração. Tirando as impurezas dessa vida que muitos dizem ser amarga, mas de amarga só tem nossas escolhas e ainda culpamos a pobre vida. É ... hoje foi um bom dia, um bom dia para reorganizar idéias, pensar na importância de quem possuimos, lembrar que a felicidade é uma inocente criança que brinca de pique-esconde... E hoje eu a achei.
Lembre-se: Hoje pode ser um maravilhoso dia, só depende de você!


De minha própria autoria

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Rio da vida

Ninguém pode construir em teu lugar as pontes que precisarás passar, para atravessar o rio da vida. - ninguém, exceto tu, só tu.
Existem, por certo, atalhos sem números, e pontes, e semideuses que se oferecerão para levar-te além do rio; mas isso te custaria a tua própria pessoa; tu te hipotecarias e te perderias.
Existe no mundo um único caminho por onde só tu podes passar.
Onde leva? Não perguntes, segue-o !

Friedrich Nietzsche

terça-feira, 20 de julho de 2010

Acabou .


É .... esse sorriso aqui , de orelha em orelha significa minha vitória; e ele permanecerá porque a felicidade me pertence. Não irá mais me abalar, não vai mais nada significar, não me apego mais ao detalhes, não me atinge mais ... Hoje só vejo e rio, e rio. Amadureci, esqueci e o melhor ... estou sorrindo e rindo disso ! Vai precisar de mais força pra me vencer. Agora estou onde eu devia estar, no topo, te olhando e pensando: " Não me alcançará mais !" De hoje em diante estou liberta desse mal estar que impedia meu bem viver. Agora virou pó e lembrança levada pelo antigo furacão.
A guerra foi vencida. Adeus pra você!

De minha própria autoria.

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Dorme anjo...

Não me agrada essa sua lágrima, principalmente quando vindo de princípio meu. Não me satisfaz essa briga que me corrói. Não gosto de te ver machucado em todos os modos possivéis. Não gosto desse nosso desgaste vindo disso. Foi insasatez minha, desentendimento seu, teimosia minha, opiniões diferentes, atitudes não feitas e outras feitas em demasia.
Mas a vida já até me avisou .... " não vai ser fácil " . E ela tava certa. Vamos caindo e levantando, apanhando e aprendendo. E assim se prossegue !
Ainda temos, juntos, o que aprender e daqui em diante só quero acertar. Então dorme anjo, não vale mais a pena preocupar-se por tão pouco...

De minha própria autoria

Desistir ou relutar ?

As opiniões se confrontam, as idéias são opostas; mesma razão e diferentes entendimentos. Entre familiares, amigos, cônjugues sempre aparecerá esse eterno afrontamento... que nos desgasta, nos machuca, nos irrita, que nos preocupa, nos incomoda. Gera discussões até conseguir fazer a pessoa oposta mudar de idéia. E viverá o conflito da DESISTÊNCIAxPERSUASÃO.

De minha própria autoria

domingo, 18 de julho de 2010

Onde está ?


Nós todos dizemos querer ser feliz . Mas afinal o que é felicidade ? Como é ser feliz ?
Há a possibilidade de que certos seres humanos crerem que a felicidade está nos bens materiais, no dinheiro, nas roupas, nas jóias. Para outras ela - a felicidade- pode estar numa reunião com os amigos, quando se está agarrado com o namorado(a) vendo aquele filme que sempre passa no "vale a pena ver de novo" , quando se está descansando e dormindo, ou até fazendo fotossíntese em um velho sofá. Quem sabe até vendo TV sozinho, jogando baralho com as tataravós, estudando física quântica.
Percebe-se que a felicidade não gosta de ser procurada, ela estará presente quando você menos esperar. Não a procure, deixe que ela a ache. Ela sabe o caminho e quem a merece.
Não pense que a felicidade estará com você numa estrada reta e eterna, até porque a vida não é feita só de bons momentos, precisamos ser um pouco infelizes para sabermos o que queremos para sermos felizes. A felicidade está em algumas curvas de seu destino, derrepente você esbarre com ela na próxima esquina.
Quer que sua vida seja feliz ? Dica: Viva, ria, converse, brinque, não se aborreça, entenda ! , ame, apaixone-se e respeite !
"USAR as coisas e a AMAR as pessoas... Nunca AMAR as coisas e nem USAR AS PESSOAS "

De minha própria autoria.

O amor não é tão cego ...


E o que é que ela vê nele? Nossos amigos se interrogam sobre nossas escolhas, e nós fazemos o mesmo em relação às escolhas deles. O que é, caramba, que aquele Fulano tem de especial? E qual será o encanto secreto da Beltrana? Vou contar o que ela vê nele: ela vê tudo o que não conseguiu ver no próprio pai, ela vê uma serenidade rara e isso é mais importante do que o Porsche que ele não tem, ela vê que ele se emociona com pequenos gestos e se revolta com injustiças, ela vê uma pinta no ombro esquerdo que estranhamente ninguém repara, ela vê que ele faz tudo para que ela fique contente, ela vê que os olhos dele franzem na hora de ler um livro e mesmo assim o teimoso não procura um oftalmologista, ela vê que ele erra, mas quando acerta, acerta em cheio, que ele parece um lorde numa mesa de restaurante mas é desajeitado pra se vestir, ela vê que ele não dá a mínima para comportamentos padrões, ela vê que ele é um sonhador incorrigível, ela o vê chorando, ela o vê nu, ela o vê no que ele tem de invisível para todos os outros. Agora vou contar o que ele vê nela: ele vê, sim, que o corpo dela não é nem de longe parecido com o da Daniella Cicarelli, mas vê que ela tem uma coxa roliça e uma boca que sorri mais para um lado do que para o outro, e vê que ela, do jeito que é, preenche todas as suas carências do passado, e vê que ela precisa dele e isso o faz sentir importante, e vê que ela até hoje não aprendeu a fazer um rabo-de-cavalo decente, mas faz um cafuné que deveria ser patenteado, e vê que ela boceja só de pensar na palavra bocejo e que faz parecer que é sempre primavera, de tanto que gosta de flores em casa, e ele vê que ela é tão insegura quanto ele e é humana como todos, vê que ela é livre e poderia estar com qualquer outra pessoa, mas é ao seu lado que está, e vê que ela se preocupa quando ele chega tarde e não se preocupa se ele não diz que a ama de 10 em 10 minutos, e por isso ele a ama mesmo que ninguém entenda.
Martha Medeiros

Eu quero paz !

"Sei que paz no mundo começa dentro de mim!
Quando eu me aceito,de corpo e alma. E em vez de me fragmentar em mil pedaços eu me coloco inteiro no que penso, sinto e faço.
Sem nada para levar que possa me prender! Sem medo de errar e com toda vontade de aprender.
A paz no mundo começa entre nós, quando eu aceito o teu modo de ser sem me opor ou resistir e reconheço tuas virtudes sem te invejar ou me retrair, e faço das nossas diferenças a base da nossa convivência e em lugar de te dividir em mil personagens consigo ver-te inteiro,nu,real.
Quando as palavras se calam e os gestos se multiplicam. Quando se reprime a vergonha e se expressa a ternura. Quando se repudia a doença e se enaltece a cura. Quando se combate a maldade do mundo. "
Fenix Faustine

sábado, 17 de julho de 2010

Eis a questão


Nossas atitudes num futuro, não tão distante, serão nossas consequências. Há momentos na vida que não sabemos qual é a atitude é correta. Por exemplo ... Contar uma crua e pura verdade ou mentir ? Devemos ter cuidado pois, apesar de termos aprendido a tradicional lição de que contar a verdade é sempre o melhor caminho, temos que lembrar que o veneno da verdade pode nunca cicatrizar ... Então o que é mais eficaz ? Dizer a verdade com o seu veneno ou construir uma mentira pensando num bem social ?
É nesses momentos de indecisão cruel que quando tomada a decisão, nos tornamos os heróis ou vilões , ou seremos amados ou odiados.

P.S: cuidado com as palavras tomadas...

De minha própria autoria.

É ele

Meu enigma, minha incógnita, meu cálculo matemático sem solução, minha pergunta sem resposta. O que é isso, o que é ? Não posso expressar, não posso explicar, só sei sentir . Será que existe palavra que o exprima ? Creio que não. Sentimento sem nome, que vem me invadir e nas horas mais calmas tende a me conturbar, o que quer de mim ? Não sei... mas só existe uma solução para controlá-lo ... é ele.

De minha própria autoria.

Sociedade .

Viver em sociedade é um desafio porque às vezes ficamos presos a determinadas normas que nos obrigam a seguir regras limitadoras do nosso ser ou do nosso não-ser...
Quero dizer com isso que nós temos, no mínimo, duas personalidades: a objetiva, que todos ao nosso redor conhece; e a subjetiva... Em alguns momentos, esta se mostra tão misteriosa que se perguntarmos - Quem somos? Não saberemos dizer ao certo !!
Agora de uma coisa eu tenho certeza: sempre devemos ser autênticos, as pessoas precisam nos aceitar pelo que somos e não pelo que parecemos ser... Aqui reside o eterno conflito da aparência x essência. E você... O que pensa disso?

Clarice Lispector